Produtividade Ninja: Foco e Disciplina para produzir mais... trabalhando menos.
 

Auto disciplina

Além do ZenHabits.net do Leo Babauta, gosto muito do Steve Pavlina. E entre os vários excelentes textos do Steve, existe este sobre auto disciplina que compartilho abaixo uma versão livre de Self Discipline traduzida para o português, com comentários. – Auto disciplina Esta semana estarei blogando uma série de textos de auto disciplina. Novos posts […]

guy15

Além do ZenHabits.net do Leo Babauta, gosto muito do Steve Pavlina. E entre os vários excelentes textos do Steve, existe este sobre auto disciplina que compartilho abaixo uma versão livre de Self Discipline traduzida para o português, com comentários.

Auto disciplina

Esta semana estarei blogando uma série de textos de auto disciplina. Novos posts neste tópico vão aparecer a cada dia entre segunda a sexta. Eu também adicionei uma nova categoria sobre auto disciplina.

Já escrevi umas 20 páginas sobre auto disciplina para meu livro que está prestes a sair, incluindo o que ela é e como desenvolver. Vou compartilhar algumas das idéias nessa série, focando no que chamo de cinco pilares da auto disciplina.

Os cinco pilares da auto disciplina

Os cinco pilares da auto disciplina são: Aceitação, Força de Vontade, Trabalho Duro, Indústria e Persistência. Se você pegar a primeira letra de cada palavra em inglês (acceptance / willpower / hard work / industry / persistence), você fica com o acrônimo “A WHIP” (um chicote) – uma forma conveninente para lembrar, ja que muita gente associa a auto disciplina com um chicoteio para entrar nos trilhos.

A cada dia nessa série, vou explorar um desses pilares, explicando o motivo de ser importante e como desenvolver. Mas, primeiro, vamos para uma visão geral…

O que é a auto disciplina?

A auto disciplina é a habilidade de nos posicionarmos para agir independentemente de nosso estado emocional.

Imagine o que você poderia realizar se pudesse simplesmente dar continuidade e implementar as suas melhores intenções, não importa o que aconteça. Imagine você dizendo a seu corpo: “Você está gordo. Perca 10 quilos”. Sem auto disciplina essa intenção não se manifestará. Mas com suficiente auto disciplina, é certeza. O ponto ideal da auto disciplina é quando você alcança o ponto em que toma uma decisão consciente e é praticamente garantido que dará continuidade.

A auto disciplina é uma das várias ferramentas de desenvolvimento pessoa disponíveis para você. Claro que não é uma panacéia. De todo modo, os problemas que a auto disciplina podem resolver são importantes, e se por um lado existem outras formas de resolver esses problemas, a auto disciplina absolutamente as detona. A auto disciplina pode te empoderar a superar qualquer vício ou perder qualquer quantidade de peso. Ela pode detonar a procrastinação, desordem e ignorância. Dentro do domínio de problemas que ela pode resolver, a auto disciplina é simplesmente sem igual. Ainda, ela garante uma poderosa parceira quando combinada com ferramentas como a paixão, estabelecer objetivos e fazer planejamento.

Construindo auto disciplina

A minha filosofia sobre como construir a auto disciplina é melhor explicada por uma analogia. A auto disciplina é como um músculo. Quanto mais você treina, mais forte fica. Quanto menos você treina, vai ficando mais fraco.

Assim como todas as pessoas possuem diferentes forças musculares, todos temos diferentes níveis de auto disciplina. Todo mundo tem um pouco – se você pode trancar sua respiração por alguns segundos, você tem auto disciplina. Mas nem todos desenvolveram essa disciplina a um grau mais elaborado.

Assim como é necessário ter músculos para construir músculos, é necessário auto disciplina para alcançar mais auto disciplina.

A forma de construir a auto disciplina é parecida com o uso progressivo de pesos para construir músculos. Isso quer dizer levantar pesos próximos ao nosso limite. Veja que quando fazemos a hipertrofia, levantamos pesos dentro de nossa habilidade para levantar. Forçamos os músculos até eles ficarem no limite e daí descansamos.

De forma semelhante, o método básico para construir auto disciplina é lidar com desafios que podemos ultrapassar mas que estão quase no limite. Isso não quer dizer tentar algo e ficar fracassando todo dia, nem quer dizer ficar sossegado dentro de nossa zona de conforto. Não podemos ganhar músculos tentando levantar pesos que sequer conseguimos mover, nem vamos ganhar força levantando pesinhos leves demais. Temos que começar com pesos/desafios que estão dentro de nossa atual habilidade de levantar mas que estão quase em nosso limite.

O treinamento progressivo significa que uma vez que temos sucesso, aumentamos o desafio. Se continuamos a trabalhar com os mesmos pesos, não vamos ficar mais fortes. De forma parecida, se não nos desafiamos na vida, não vamos adquirir mais auto disciplina.

Assim como a maior parte das pessoas tem músculos fracos comparados com o quão fortes eles poderiam ser com treinamento, a maior parte das pessoas é muito fraca em seu nível de auto disciplina.

É um erro tentar ir além do limite quando estamos tentando construir a auto disciplina. Se tentamos transformar nossa vida por completo da noite pro dia ao listar dezenas de novos objetivos para nós mesmos ou esperar que a gente siga consistentemente logo no dia 01, estamos praticamente nos preparando para o fracasso. É como uma pessoa que vai pra academia pela primeira vez e quer levantar um supino de 200 kg. Você somente vai fazer papel de idiota.

Se você só pode levantar 5 kg, então você só pode levantar 5 kg. Não existe nenhuma vergonha em começar onde você está. Eu me lembro de quando comecei a treinar com um personal trainer muitos anos atrás, em minha primeira tentativa de fazer um barbell shoulder press, eu só podia levantar uma barra de 3 kg sem nenhum peso nela. Meus ombros eram muito fracos pois eu nunca havia treinado. Mas em alguns meses eu já conseguia levantar 30 kgs.

De forma parecida, se você é muito indisciplinado agora, você ainda pode usar essa pequena disciplina para construir mais. Quanto mais disciplina você adquire, mais fácil será sua vida. Desafios que eram antes impossíveis para você serão brincadeira de criança. Conforme você se torna mais forte, os mesmos pesos parecerão mais e mais fáceis.

Não se compare com outras pessoas. Isso não vai ajudar. Você somente descobrirá o que você quer encontrar. Se você acha que é fraco, todo mundo vai parecer forte. Se você acha que é forte, todo mundo vai parecer fraco. Não faz sentido fazer isso. Apenas olhe para onde quer ir, e mire em tornar-se melhor conforme segue adiante.

Vamos considerar um exemplo.

Suponha que você quer desenvolver a habilidade de fazer 8 horas firmes de trabalho todos os dias, sabendo que isso fará uma verdadeira diferença em sua carreira. Eu estava ouvindo um programa de áudio essa manhã que mencionou um estudo dizendo que o trabalhador médio passa 37% do tempo só socializando, sem mencionar outros vícios que comem mais de 50% do tempo de trabalho com não-trabalho improdutivo. Então, tem muito espaço para aperfeiçoarmos.

Talvez você tenta trabalhar 8 horas sérias por dia sem sucumbir a distrações, e só consegue fazer isso uma vez. No próximo dia, você vai fracassar miseravelmente. Tudo bem. Você conseguiu fazer um dia de 8 horas. Dois dias podem ser muito pra você. Então, vamos cortar um pouco. Que duração te permitiria fazer durante os cinco dias úteis da semana? Será que você conseguiria trabalhar bastante concentrado por uma hora por dia, cinco dias seguidos? Se não conseguir, corte para 30 minutos ou seja lá qual for o seu limite. Se você tiver sucesso (ou se sentir que for fácil demais), então vá aumentando o desafio (ou seja, a resistência).

Uma vez que você conseguiu dominar uma semana de trabalho nesse nível, aumente um pouco na próxima semana. E continue com esse treinamento progressivo até alcançar seu objetivo.

Se por um lado analogias como essa nunca são perfeitas, eu consegui bastante com essa aqui. Ao levantar os limites um pouquinho a cada semana, fui ficando dentro de minhas capacidades para me fortalecer ao longo do tempo. Mas quando faço treinamento com pesos, o trabalho feito não representa nada. Não existe um benefício intrínseco em levantar um peso de cima para baixo – o benefício vem do crescimento muscular. Porém, quando estamos construindo a auto disciplina, podemos também ter o benefício do trabalho feito ao longo do caminho, o que é ainda melhor. É ótim quando nosso treinamento priduz algo de valor E nos torna mais fortes.

Ao longo da semana vamos mergulhar de forma mais profunda nos cinco pilares da auto disciplina. Se você tiver perguntas no tema de auto disciplina (seja específicas seja gerais) que deseja que eu responda, fique à vontade para publicar na forma de comentários e eu farei o melhor possível para os incorporarem ao longo do caminho.

Este post é a parte um de uma série de seis posts sobre auto disciplina: parte 1 / parte 2 / parte 3 / parte 4 / parte 5 parte 6

Sobre o erro de querermos exagerar demais na hora de construir a auto disciplina, recomendo reforçar esse ponto lendo o que Leo Babauta escreve sobre começar tudo com passinhos de bebê.

Gosto muito dos textos do Steve, mas acho que eles são geralmente muito densos para uma leitura web. Por isso, vou condensar aqui o que imagino ser os pontos mais importantes para a memorização e implementação:

  1. comece com passos pequenos, respeitando seu limite
  2. não fique comparando com outras pessoas: defina o que você quer
  3. existem vários elementos que compõem a fórmula da auto disciplina (falaremos sobre eles em textos futuros)
  4. fortaleça gradualmente a sua auto disciplina
  5. quanto mais disciplina, mais fácil será sua vida
  6. melhore gradualmente, sempre seguindo seu limite
  7. aproveite o benefício em treinar em atividades cujo treinamento seja, por si só, algo que traga benefícios

Seiiti Arata é fundador da Arata Academy e autor do curso Como Aprender Mais Rápido. Está também focado no curso de enriquecimento A Classe Alta , no curso de carreira profissional Duplique Seu Salário e no treinamento em empreendedorismo EmpreDig.

Receba Dicas de Produtividade Por E-mail

Assinar

COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

Comentários

Ao deixar um comentário abaixo, você concorda com nossa Política de Comentários

  1. Marcio Braga

    Olá Amigo ! Vc não imagina o tanto de problemas que causei a mim mesmo pela falta de disciplina e não
    Conseguia imaginar uma possibilidade de mudanca ! Pesquisando pela internet aqui no cel
    Acabei achando seu post e percebi que não tenho nenhum objetivo trassado !? Aí percebi que não posso chegar onde não planejei !!! Hoje escrevo meus planos e amanhã vou começar minha disciplina pela chegada do horário no serviço ! Muito Obrigado ! Depois posto aqui pra dizer o que aconteceu ! Cansei de sofrer !

  2. Euler

    obrigado, este texto me ajudou muito. meu problema é com meditação, mas estou melhorando a cada dia construindo auto disciplina!

  3. Boa tarde! Estou fascinada pelos seus posts! Realmente, eu tenho que te agradecer muito por esses textos sobre auto-disciplina. Na verdade, eu tenho andado até deprimida pelos resultados que venho alcançando na vida – tudo devido à minha falta de disciplina. É muito difícil encontrar pessoas que tratem do assunto de forma séria, original e verdadeiramente efetiva, como você tem feito. Obrigada por me ajudar nesse sentido… Estou me sentindo bem melhor sobre mim mesma e minhas fragilidades. Mais que isso, estou com uma nova disposição, reconhecendo os meus limites. Gostaria de entrar em contato com você. Caso julgue conveniente, me mande um e-mail. Quem sabe eu ainda não vou testemunhar as vitórias alcançadas através dos seus textos? Deus te abençoe!

Monitoramentos

  1. [...] comecei a fazer a tradução livre comentada da série de textos sobre auto disciplina do Steve Pavlina. Dou ênfase para a importância desse tema por ser um conceito fundamental para [...]

ADICIONAR NOVO COMENTÁRIO

*

* Campos obrigatórios